InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 D'AMORE, Oona

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Oona D'Amore

avatar

Feminino Sagitário Macaco
Idade : 24
Player : Heibel
Mensagens : 1072

MensagemAssunto: D'AMORE, Oona   17/12/2014, 03:16

  • DADOS BÁSICOS

Player: Heibel

Nome completo: Oona D'Amore
Data de Nascimento: 02 de dezembro de 1992
Local de Nascimento: Motherwell, Escócia

Idiomas: Inglês e italiano
Sexualidade: Bissexual
Relacionamento: Solteira

Raça: Mestiça
Patrono: Tubarão
Bicho-Papão: Nerio Villani
Varinha: Sabugueiro com Corda de Coração de Dragão, 12.5 polegadas (31.75 cm), rígida

  • VIDA

Oona nasceu numa comunidade cigana, filha de Lexie Knight e um italiano que ela já conhecia de outras passagens pelo país, chamado Francesco D'Amore II. O homem era casado e tinha um filho de quase quatros anos na época que engravidou Lexie, então apenas assumiu a menina e mandava alguma ajuda financeira, mas não era presente na vida dela.

Lexie já tinha um outro filho também, Drew, de quase três anos, com Brian Turner. Brian foi o primeiro "pai" que Oona conheceu.

Durante essa primeira parte da infância, a menina viajava com a grande família inglesa, mudando de uma cidade a outra com frequência, mas por ser um bebê, mal lembra dessa fase.

Então no final de 1996 durante a Segunda Guerra Bruxa, enquanto passavam por Ottery St. Catchpole, a caravana cigana foi atacada por Comensais da Morte, matando Lexie e deixando Brian gravemente ferido, vindo a falecer algum tempo mais tarde em decorrência disso.

Drew e Oona viveram com os tios, Dante e Pandora, por algumas semanas, mas então Francesco veio procurá-la e a levou para sua casa na Itália.

Desde que chegou na casa dos D'Amore, Oona foi tratada com total indiferença pela madrasta, Monica. Entretanto com o meio irmão, Frank, teve logo uma ligação bem forte, principalmente por ser quem mais ensinava o novo idioma para ela. Francesco passava muito tempo trabalhando e mal dava atenção à família.

Nessa segunda parte da infância, Oona se sentia quase sempre sufocada. Só ficava realmente a vontade quando estava a sós com Frank ou quando ia visitar os tios e primos no Reino Unido.

Não lembra quantas vezes ouviu de Monica que ela não era filha legítima de Francesco e quantas vezes Frank e Oona foram repreendidos pela mulher quando se chamavam de irmãos. "Ela não é sua irmã de verdade, filho", ela dizia ao menino. Talvez por isso, até hoje, Oona não consiga sentir que eles realmente são irmãos, apesar do imenso e inegável carinho que têm um pelo outro.

Quando Oona estava com oito anos, Frank foi para a escola de magia e Oona passou a ficar muito tempo sozinha com a madrasta, que a ignorava. Por precisar de companhia, Oona desenvolveu um amigo imaginário e inventava histórias sobre suas aventuras com "Sneeze" para todo mundo. Na maior parte delas, ela sempre acabava com algum "machucado de guerra" (que ela mesmo fazia, nada grave realmente) para conseguir que alguém lhe desse alguma atenção.

Em 2001, Nerio Villani, irmão de Monica, foi morar com eles depois de ter se divorciado da esposa. O homem dava mais atenção à menininha e ela chegou a gostar muito dele por um tempo. Até que, numa noite, foi acordada durante a madrugada com seu "tio" sobre ela. Por ser ainda muito criança, não fazia ideia do que estava acontecendo, mas ele a machucou e a sensação de não poder gritar ou se mexer foram horríveis, deixando-a bastante traumatizada. Quando o pai percebeu algo estranho no seu jeito, foi questioná-la e ela contou tudo. Nerio tinha feito feitiços para encobrir as marcas físicas do seu crime e usou o argumento de que se tivesse feito aquilo, não seria burro o suficiente para deixar aquela memória na menina e poder ser incriminado. Então tudo o que a garotinha falou foi rebatido pela madrasta, que a deixou de castigo por continuar inventando histórias.

Sneeze desapareceu depois disso.

Aquela situação se repetiu algumas vezes, mas Oona não era levada a sério e até mesmo o pai passou a repreendê-la quando ela falava sobre os episódios e acusava o tio de a estar "machucando". Então ela simplesmente parou de falar.

Nas férias, Oona fugia para o quarto de Frank a noite, por medo de dormir sozinha e ser atacada por Nerio novamente. Quando Monica descobriu isso, deu uma surra em Oona, proibindo que ela e seu filho ficassem sozinhos no mesmo quarto e na mesma cama, expressando profunda preocupação de que a garota estivesse "abusando" de Frank, já que tinha aquelas ideias sexuais em relação ao tio.

Oona passou a ser trancada no quarto durante a noite - mesmo depois que o irmão voltou para a escola -, mas nem achou ruim, pensando que se ela não podia sair, ninguém podia entrar. Começou a dormir mais tranquila, mas seu engano logo seria revelado.

Numa noite em especial, Oona conseguiu gritar por socorro antes de ser imobilizada. Geralmente o homem a enfeitiçava para que ninguém ouvisse seus gritos, mas naquela noite ela foi mais rápida. Quando Francesco e Monica chegaram no quarto, Nerio disse que a ouviu gritar e correu para o quarto dela, preocupado. Ela culpava o tio e dizia que estava gritando por causa dele, mas mais uma vez só foi reprimida e castigada por "mentir".

Em 2003 Oona foi mandada para passar as férias de verão com a família britânica antes que Frank retornasse da escola, e só voltou para casa na Itália depois que ele se foi. Nem sequer o viu, o que a deixou imensamente chateada e a raiva da madrasta apenas crescia dentro dela.

Naquele ano - que ela sabia ser o último que passaria naquela casa maldita, já que no ano seguinte iria para a escola, ficaria perto de Frank e tudo estaria bem - Oona tentava criar situações que a ajudassem a fugir do tio. Colocava uma cadeira embaixo da maçaneta da porta, ou ia dormir no quarto de Frank, debaixo da cama dele, ou escapava pela janela do próprio quarto e dormia na varanda da casa, coisas assim. Por algum tempo Nerio pareceu esquecer dela, mas aquilo sempre voltava a acontecer em algum momento. Ele passou a abusar dela durante o dia e fora do quarto dela, sempre que via uma oportunidade.

Em 2004 então vieram os convites para as escolas de magia. Oona estava tão feliz e aliviada que nada a abalava. Por ter a opção de mandar a menina para estudar em Hogwarts, Monica viu ali uma boa chance de separar de vez o filho da irmã bastarda. E foi isso que fez, mesmo com todas as reclamações e discussões que isso causou.

Oona foi para o castelo de Hogwarts triste e feliz ao mesmo tempo. Queria estar na mesma escola de Frank e ficar perto dele, mas só de estar longe de Monica e, principalmente de Nerio, já era o suficiente para deixá-la completamente contente. E também teria lá seu outro meio-irmão e vários dos parentes deles.

No trem, compartilhou uma cabine com Drew (que estava indo para o quarto ano) e os irmãos Goshawk: Anastasia e Marco (gêmeos, ambos indo para o segundo ano) e Elena (caloura como ela). Drew logo foi falar com seus amigos e uma garota chamada Trinity Orpington (também caloura) chegou se apresentando, passando uma boa parte da viagem ali com eles.

O Chapéu Seletor mandou as três, Oona, Elena e Trinity, para a mesma casa, a Grifinória, o que fez com que elas se tornassem muito amigas.

Oona enviava cartas para Frank quase diariamente, hábito que tinha adquirido anos antes, mas que nos primeiros meses em Hogwarts se intensificou.

Nos três primeiros anos nada de muito marcante aconteceu na escola. Oona era bastante fechada e tirando os parentes e a amiga Trinity, mal falava com os outros alunos, e ninguém realmente a notava. Os fatos marcantes aconteceram durante os recessos.

No natal de 2005 fez sua primeira tatuagem, influenciada pelo meio irmão italiano. A partir de então, sempre que se encontravam nas férias ou feriados, iam fazer novas tatuagens ou piercings. Isso virou quase uma tradição deles. Foi aí que a menina passou a desenhar para valer, estudar o assunto e se apaixonou pela arte, criando o desejo de ser tatuadora. Mas era algo que parecia tão distante, que ela nunca contou para ninguém.

Durante as férias só ficava na casa dos D'Amore se Frank estivesse lá também, caso contrário ficava com a caravana cigana e era muito feliz com essa parte da família.

No quarto ano então beijou pela primeira vez. Marco era da Lufa-Lufa, um ano mais velho e Oona caiu de amores por ele. Foi sua paixão por toda a adolescência, mesmo que eles não tivessem absolutamente nada a ver um com o outro.

Por não ser muito aberta a novas pessoas, sua próxima experiência romântica foi só aos quinze anos e com Trinity, que se mostrou interessada em saber como seria ficar com uma menina. Oona não sabia ao certo o que estava fazendo, mas não queria ser daquele jeito para sempre, não queria deixar que as coisas que Nerio fez com ela fossem sua única experiência com aquilo. E Triny era menina e sua amiga, então ela confiava. Demoraram algum tempo e tiveram algumas tentativas frustradas antes de Oona conseguir realmente evoluir para algo mais do que só beijos. E mais diversas outras tentativas até conseguir aproveitar e gostar de tudo.

Nos últimos anos na escola ficou uma vez com Jordan Walker, outra com Casper McGonagall e com Talisa Slughorn também, mas nunca deixou que as coisas evoluíssem com nenhum deles.

Assim que se formou, voltou para a casa na Itália. Nerio já estava morando sozinho em outra cidade, mas o relacionamento com Monica ainda era tão ruim quanto antes. Frank trabalhava num bar e Oona pediu a ajuda dele para conseguir um emprego como bartender lá também.

Conforme o tempo passava, Oona e Frank foram ficando cada vez mais próximos, ignorando as encheções de saco da mãe/madrasta. Ele era o único motivo pelo qual ela continuava na Itália.

Numa noite no início de 2012, os dois conseguiram uma folga do bar, Frank roubou algumas garrafas de firewhisky do trabalho e ele e Oona se fecharam no quarto dele para beber e conversar. O pai estava fora trabalhando e Monica tinha saído. Mal sabendo como chegaram àquele ponto, começaram a trocar carícias, que evoluíram para beijos e logo estavam sem roupas. Em qualquer outra situação, Oona estaria completamente travada, mas pelo efeito do álcool e - por que não? - por confiar completamente em Frank, as coisas aconteciam naturalmente e ela não lembra de ter pensado em qualquer ligação sanguínea que eles tivessem e que teoricamente os impedisse de fazer aquilo.

Então Monica chegou em casa mais cedo e entrou no quarto, desencadeando uma verdadeira guerra. A mulher queria avançar em Oona, bater nela acusando-a de seduzir seu filho, de ser uma doente, louca, ninfomaníaca desde criança, etc. Frank defendeu a irmã, a protegeu, e quando o pai chegou e viu aquela cena, expulsou os dois filhos da sua casa.

Frank e Oona saíram de lá no mesmo momento, apenas com a roupa do corpo e suas varinhas. E quando Oona caiu na real sobre o que tinha acontecido, desesperou. Frank segurou a barra e conseguiu fazer com que ela se acalmasse. Pediu ajuda de uns amigos e os dois mudaram para a casa de um deles, continuando a trabalhar no bar por algum tempo, mas só aquele dinheiro não estava sendo o bastante. Tiveram que começar a trabalhar em mais bares. A garota até pensou em voltar para o Reino Unido e procurar pela outra parte da família, mas não sabia como explicar porque tinham sido expulsos da casa dos D'Amore, e tinha um pouco de medo de ser julgada da mesma forma que pela madrasta, perdendo também os tios e primos ciganos, então desistiu dessa ideia. Frank começou a traficar e se prostituir nessa época, descobrindo que conseguia levantar um dinheiro legal assim. Mesmo achando injusto que só ele fizesse essas coisas, Oona não conseguia fazer o mesmo e Frank nem a deixava pensar naquilo.

O relacionamento deles ficou meio na corda bamba por algum tempo, sem que soubessem direito como se tratar. Oona, que já não era a melhor pessoa se relacionando com ninguém, estava mais confusa do que nunca, mas aos poucos as coisas se desenrolaram. Eles se compreendiam mesmo sem precisar conversar muito e trocar carinhos ou beijos tornou-se comum entre eles.

No final de 2014, Frank soube de uma oportunidade de emprego melhor na Inglaterra, no novo empreendimento de Python Sand, então eles decidiram mudar para lá.

  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS

Avô materno: Jack Knight [1937 - falecido]
Avó materna: Laetitia (Roche) Knight [1941 - falecida]

Tio materno: Hank Knight [1962 - falecido]
Tia materna: Pandora (Finn) Goshawk-Knight [1962]
Tio materno: Dante Goshawk [1962]
Prima: Summer Knight Goshawk [1980]
Primo: Kyle Goshawk Knight [1980]
Prima: Kelsey (Knight Goshawk) Meliflua [1982]
Prima: Autumn (Goshawk Knight) Trengrouse [1984]
Prima: Lux (Knight Goshawk) Tennant [1986]
Prima: Mona Goshawk Knight [1993]
Primo: Hank Alexander Goshawk [1998]
Primo: Caspian Dave Goshawk [1998]
Prima: Lexie Rae Goshawk [1998]

"Tio": Nerio Villani [1959]

Pai: Francesco D'Amore II [1951]
Madrasta: Monica (Villani) D'Amore [1953]
Meio-irmão: Francesco D'Amore III [1989]

Mãe: Lexie Knight [1963-1996 - falecida]
Padrasto: Brian Turner [1970-1996 - falecido]
Meio-irmão: Drew Turner [1990]



  • APARÊNCIA

Oona tem 1.72m de altura e cerca de 58kg. A pele é bastante branca e o corpo é magro de ruindade, pois ela não faz exercício algum para manter a forma.

Os cabelos são castanhos escuros naturalmente, compridos e ondulados. Tem olhos azuis, lábios um pouco grossos e o rosto tem traços levemente quadrados e fortes.

Tem várias tatuagens por todo o corpo, que fez durante a vida. Algumas delas foram feitas por Frank, inclusive. Além das tatuagens, tem piercings no nariz, na língua, no mamilo e alargadores nas duas orelhas.

Na maior parte do tempo usa roupas masculinas. Como foi expulsa de casa sem nada além da roupa do corpo e da varinha, foi ganhando dos amigos de Frank uma camiseta aqui, uma calça ali, e por mais que tenha comprado e/ou ganhado uma ou outra peça feminina durante os anos, acabou acostumando e se sente mais confortável assim. Até pega alguma coisa do irmão para usar às vezes. Só se veste de um jeito mais feminino para trabalhar, mesmo.

Gosta de maquiagem, adora fazer coisas diferentes com o cabelo - penteados e principalmente deixá-lo colorido quando acorda alegre - e também gosta de pintar as unhas. Mas tirando isso, não curte muito se enfeitar, usar acessórios e jóias.

  • PERSONALIDADE

É uma pessoa fechada e pouco falante. Tem traumas de infância e adolescência que desenvolveram seu modo de ser e agir com toda e qualquer pessoa que encontra pelo caminho. Demora muito para confiar em alguém e mesmo quando confia, desconfia. Raramente fala sobre ela e sobre sua vida, nem mesmo com a família e os amigos mais próximos.

Tem um temperamento explosivo, mas contraditoriamente, é bastante calma, assustando as pessoas às vezes com seus "10 minutos de insanidade".

Quando está confortável em algum ambiente, tudo nela mostra isso, desde o sorriso até os gestos. Mas basta alguma coisa estar minimamente errada, ela estar um pouquinho tensa ou desconfortável com qualquer coisa, que qualquer pessoa consegue notar de longe.

Tem um desejo enorme de abrir uma lojinha de tatuagens e trabalhar como tatuadora, mas não conta para ninguém - nem mesmo para Frank.


you're just like an angel, your skin makes me cry... you float like a feather in a beautiful world

babe, there's something wretched about this
something so precious about this
oh, what a sin


Última edição por Oona D'Amore em 13/4/2015, 21:12, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t945-d-amore-oona
Oona D'Amore

avatar

Feminino Sagitário Macaco
Idade : 24
Player : Heibel
Mensagens : 1072

MensagemAssunto: Re: D'AMORE, Oona   18/12/2014, 23:25

2014

18 de dezembro - Beco Diagonal - Praça Dumbledore (com Trinity)
20 de dezembro - Casa Vipera - Entrada e Quarto da Oona (com Frank)
26 de dezembro - Casa Vipera - Sala e Quarto do Frank (com Frank)

2015

06 de janeiro - Vipera - Bar Principal (com Trinity)
09 de janeiro - Vipera - Bar (com Fergus e Martine)
15 de janeiro - Vipera - Palco & Segundo Bar (com Trinity)
21 de janeiro - Casa Vipera - Banheiro (com Lucilla)
25 de janeiro - Vipera - Palco & Segundo Bar e Casa Vipera - Cozinha (com Frank)
09 de fevereiro - Vipera - Bar Principal (com Delilah)
13 de fevereiro - Vipera - Bar Principal (com Michael e Sasha)
21 de fevereiro - Beco Diagonal - Floreios e Borrões e Vipera - Stage Room (com Frank)
14 de março - Vipera - Palco & Segundo Bar (com Cameron)
25 de março - Vipera - Snooker Room (com Frank)
07 de abril - Vipera - Snooker Room (com Frank e Poppy)
08 de abril - Casa Vipera - Cozinha e Quarto da Oona (com Frank)
12 de abril - Casa Vipera - Quarto da Trinity (com Trinity)
23 de maio - Vipera - Palco & Segundo Bar (sozinha)
29 de maio - Casa Vipera - Sala (com Trinity)
10 de junho - Casa Vipera - Quarto da Oona (com Frank)
02 de julho - Casa Vipera - Quarto do Frank (com Frank)
21 de julho - Vipera - Palco & Segundo Bar; Casa Vipera - Entrada e Banheiro (com Frank)
25 de setembro - Vipera - Bar Principal (com Jon) e Casa Vipera - Quarto da Trinity (com Trinity)
26 de setembro - Godric's Hollow - The Castle Inn/Pub (com Jon)
27 de setembro - Casa Vipera - Cozinha (com Frank)
12 de outubro - Casa Vipera - Sala (com Trinity)
21 de outubro - Beco Diagonal - The Hopping Pot Pub (com Frank)
16 de novembro - Casa Vipera - Quarto do Frank (com Frank)
19 de dezembro - Vipera - Bar Principal e Casa Vipera - Quarto da Oona (com Frank)
20 de dezembro - Grécia - Kythira (com Frank)


Última edição por Oona D'Amore em 10/4/2016, 23:13, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t945-d-amore-oona
Oona D'Amore

avatar

Feminino Sagitário Macaco
Idade : 24
Player : Heibel
Mensagens : 1072

MensagemAssunto: Re: D'AMORE, Oona   30/1/2016, 01:06

2016

30 de janeiro - Caravana dos D'Amore (com Frank)
01 de abril - Godric's Hollow - Entrada da Vila (com Sibon)
10 de abril - Ottery University - Queen Maeve - Entrada; Cozinha (com Sibon) e Caravana dos D'Amore (com Frank)
02 de agosto - Ottery St. Catchpole - The Sting Book Cafe (com Trinity)
01 de outubro - Godric's Hollow - Caravana dos Goshawk e Caravana dos D'Amore (com Frank)
16 de outubro - Godric's Hollow - Caravana dos D'Amore (com Frank)
01 de novembro - Godric's Hollow - Caravana dos D'Amore (sozinha)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t945-d-amore-oona
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: D'AMORE, Oona   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
D'AMORE, Oona
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» D'AMORE, Oona
» D'AMORE, Frank

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Wizard's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Fichas-
Ir para: