InícioInício  CalendárioCalendário  FAQFAQ  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 SMITH, ARCHIBALD LAMORA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Archibald Smith

avatar

Masculino Escorpião Tigre
Idade : 42
Ocupação : Proprietário do The Sting Book Cafe
Localização : Ottery St. Catchpole
Player : Kah
Mensagens : 787

MensagemAssunto: SMITH, ARCHIBALD LAMORA   31/3/2014, 20:28


  • DADOS BÁSICOS

Player: Kah

Nome completo: Archibald Lamora Smith
Apelido: Archie
Data de Nascimento: 19 de Novembro de 1974
Local de Nascimento: Montrose - Condando de Angus, Escócia.

Idiomas: Gaélico escocês e inglês.
Sexualidade: Heterossexual
Relacionamento: Casado com Matilda Weasley

Raça: Sangue-Puro
Característica especial: Animago (Borboleta)
Patrono: Libélula
Bicho-Papão: Matilda aos beijos com outro homem e crianças correndo em volta deles.
Varinha: Carvalho inglês, Corda de Coração de Dragão - 11,59 polegadas (30,3 cm) - Rígida


  • VIDA

Nasceu numa madrugada chuvosa e quem fez o parto foi seu próprio pai que era medibruxo na época. Aures e Hen estavam em casa, quando Aures acordou com sede e sentiu sua bolsa estourar a caminho da cozinha. Com toda calma do mundo voltou até o quarto e acordou seu marido, assim ambos ajeitaram a cama para que parto pudesse acontecer. Hen fez questão de chamar uma parteira, mas Aures disse que não era preciso pois Hen ia dar conta, mesmo que aquela não fosse, nem de perto, a especialidade dele. Hen parecia mais nervoso do que Aures, mas ela tentava o tranquilizar. O parto não demorou muito, Archie parecia apressado para sair e explorar o mundo. Hen depois do parto, chamou uma obstetriz amiga do casal para ver se realmente tudo estava bem com Aures e com seu primogênito e ela verificou que tudo estava perfeito e que não havia nada a se preocupar.
Archie cresceu cercado de carinho por seus pais e alguns anos depois Sally, sua irmã, veio ao mundo para lhe fazer companhia. A protegia dos mais velhos e de qualquer outra coisa, seja insetos, barulhos inexistente de madrugada e no que mais Sally quisesse, mas em diversas vezes parecia que Sally deveria ser protegida do próprio irmão, pois ele gostava de implicar com ela e as vezes espezinhar o suficiente para fazê-la chorar, parecia achar prazer neste fato, mas só quando ele o fazia.
Demonstrou seu primeiro sinal de magia protegendo sua irmã, ele estava com 7 anos e a pequena Sally com 2, empurrando um amiguinho seu muito mais longe do que ele poderia e sem nem ter encostado no menino.
Quando criança gostava de colecionar insetos, Aure e Sally achavam a coisa mais nojenta, mas ele se orgulhava demais daquelas caixas cheia de bichos. Tinha caixas para animais vivos e outras para animais já mortos, como as borboletas, mariposas e até mesmo libélulas. Era tudo separado e etiquetado. O pai achava que o filho iria se tornar medibruxo como ele e trabalhar na mesma área em que ele estava (a de ferimentos por criaturas). Archie parecia bem brincalhão, sorridente, mas sempre tinha uma pitada de maldade dentro de si, mas as pessoas o adoravam e as senhoras da vila ficavam brincando de que ele seria o genro perfeito para suas netas e/ou filhas quando crescesse.
Conforme foi crescendo foi se desfazendo dos bichos e suas caixas, já não parecia tão interessante quanto antes, tanto que aos 11 anos quando chegou sua vez de ir para Hogwarts já não os tinha mais, menos as borboletas, mariposas e libélulas, aquelas ele guardou para sempre com todo o cuidado e até hoje há caixas na casa de Matilda e até mesmo na casa dos seus pais, no antigo quarto que ocupava.
Em Hogwarts, foi selecionado para a Lufa-Lufa como era de se esperar e ele por mais que zombasse de leve por ser descendente de Helga Hufflepuff por dentro achava o máximo e em poucas vezes acabou se gabando disso. Não era o melhor aluno, mas também não era o pior, sua matéria preferida e aonde tinha as melhores notas era Trato das Criaturas Mágicas, em seguida tinha a aula de Transfiguração. Quando mais novo leu sobre animagos e tinha colocado na cabeça de que seria um, achava que nunca ia conseguir de fato, mas mesmo assim estudava e tentava para tal.
Quando foi chegando a adolescência foi mudando vários conceitos de sua vida e se tornou um pouco mais artístico, a principio a culpa foi de uma namoradinha que teve com 14/15 anos, ela participava da Orquestra de Hogwarts, era toda artística e ainda desenhava. Aprendeu a desenhar e a tocar instrumentos por causa dela, o namoro não deu certo e em menos de 1 ano eles tinham terminado, mas o que tinha aprendido não havia se perdido, melhorou um pouco suas notas e se dedicou a essa coisa artística e isso nunca mais o abandonou, tanto que passou a ser sua meta para vida. As vezes em Hogwarts ficava pensando no que fazer quando deixasse aquelas paredes de pedra para trás e conseguia ver claramente o que seria um projeto concreto mais tarde. Queria uma loja pequena e aconchegante aonde as pessoas pudessem ser elas mesmo, tomassem um café, escutassem uma boa música ou até mesmo arriscassem a subir no palco e tocar. Teria lugares para aqueles que gostariam de um lugar mais privado e sossegado para escrever e colocar suas ideias no papel. Também seria um lugar onde as pessoas pudessem escutar histórias e ler suas próprias. Sonhava com isso dia e noite, sempre melhorando o projeto na sua casa, seus amigos não levavam a sério de seu projeto e até mesmo zombavam, mas ele não ligava.
Teve várias namoradinhas, sempre foi muito simpático e o sorriso que ele tinha e os olhos azuis era uma combinação irresistível para as meninas, mas foi no último ano que encontrou realmente o que chamaria de verdadeiro amor. Nunca foi romântico, mas com Matilda as coisas eram tão diferentes. Ele só queria protege-la, principalmente pq ela era extremamente estabanada, com isso ela passou a cair menos, ele tinha um reflexo muito bom e sempre conseguia pega-la antes de que beijasse o chão. Ela era linda, conversavam sobre tudo. E ela ficou animada quando ele lhe contou sobre o projeto que tinha, ela o apoiou com tanto gosto que viu nela sua futura esposa e isso realmente aconteceu logo depois que se formaram em Hogwarts. Quando a pediiu em namoro deu para ela numa caixinha a borboleta que ele mais achava bonita na sua coleção, simbolizando o tudo que é meu agora também é seu.


{Matilda e ele na casa dos pais de Archie}

No natal antes do seu último ano em Hogwarts teve uma discussão com seu primo Zacharias Smith. Ele estava falando coisas desagradáveis sobre Matilda e como ela era desastrada, como nunca teve muita paciência para com o primo, simplesmente voou em cima dele e o socou, mesmo que naquela época Zach tivesse apenas doze anos, seu pai é que apartou a briga e assim Zacharias e Heulwen (pai de Zach) saíram e nunca mais voltaram, para alívio de Archie, Sally e Aures que não suportavam muito os parentes do seu marido.
No dia do casamento leu para ela o único poema que fez, ele se intitulava "Matilda" e lhe deu o pergaminho, como um presente.
Logo depois de casar com Matilda se mudaram para Oterry, ela ensinava crianças pequenas e ele com o pouco dinheiro, por fazer bicos durante as férias, com ajuda de Matilda e dos pais conseguiu comprar um espaço só seu, continuava fazendo bicos por aí e com todo dinheiro que lhe era disponível colocava na loja que foi se tornando do jeito que havia planejado. Aos 20 anos ela foi inaugurada para sua sorte ela fez muito sucesso e ele estava feliz, tinha Matilda e seu espaço de arte e café, nada poderia ser mais perfeito.
Aos 19 anos conseguiu se transformar num animago e para sua surpresa era uma borboleta, achou aquilo tão não masculino da sua parte e demorou um tempo para se acostumar com tal fato. Matilda achou aquilo empolgante e as vezes virava animago só para faze-la feliz.
Aos 24/25 anos, nada podia estar melhor, tirando o fato é claro de Voldemort e tudo mais. Archie pensou em lutar contra a arte das trevas, mas não se achava muito bom em feitiços para derrotar comensais e Matilda tinha medo e o fez mudar de ideia e logo veio a decisão de que deveriam ter filhos. Archie queria vários, achou que nada seria melhor do que ter várias crianças ruivinhas correndo pela casa, mas a felicidade que ele tanto almejou não veio. Foram 5 anos, recorrendo a poções, consultas ao St. Mungus, tudo que puderam fazer para ter filhos. Viu sua irmã Sally engravidar por acaso de um desconhecido, mas Matilda não engravidava e aquilo lhes trazia tristeza. Archie não conseguia acordar e ver o rosto triste de Matilda e passou a se esconder na bebida. A bebida lhe trazia um lado raivoso em que ele inconsequentemente culpava Matilda por não ter bebês, culpava a todos por não serem mais felizes e tentava se controlar quando ia para casa e não a bater, com o pouco de raciocínio e discernimento que tinha, mas um dia isso tudo lhe fugiu ao controle e ele a bateu, não a espancou, foi só um tapa, mas isso bastou para jogar tudo de feliz entre os dois no lixo. Ele fugiu, não conseguia encarar o que tinha feito, nem sabe como conseguiu aparatar até a casa de sua irmã Sally e lá passou a noite. Sóbrio, no dia seguinte, ele voltou para casa, obrigado por Sally que disse que ele precisava conversar com Matilda, mas ele estava diferente, não parecia mais o mesmo. Conversou um pouco com a esposa e lhe disse que a amava mais que tudo e que isso seria para sempre, mas que eles precisavam se afastar e lembrar o pq se amavam e como era o amor deles antigamente. A beijou, ele estava determinado a não fazer Matilda sofrer nunca mais e foi embora. Ele foi para a loja e a fechou naquele dia para sempre. Lá escreveu uma carta de despedidas para Matilda. No ínicio da carta a chamou de 'Cherry' que era o apelido que ele havia dado para ela, um apelido só dele para ela.


Minha pequena Cherry,
Você se lembra de quando nos olhamos diferente e vimos dentro de nós acender uma chama? Você lembra quando eu lhe beijei a primeira vez na porta da Grifinória? E quando eu te segurei para que não caísse nas escadas? E em todos os outros nossos momentos felizes? Você se lembra...? Espero que sim, pois esses últimos tempos entre nós dois não tem sido nem de perto o que eramos, me desculpe por não ter sido o melhor marido, amigo e companheiro que eu jurei que iria ser para sempre. Fui fraco e me entreguei a escuridão e te levei junto comigo.
Gostaria muito de mudar tudo que fiz ultimamente e voltar a lhe trazer o sorriso, te segurar em meus braços e dizer que comigo você está a salvo. Eu te amo, sempre te amarei e como eu sei que não posso proporcionar nada disso para você neste momento peço que você seja feliz sem mim. Você vai conseguir, é forte, linda e uma Weasley. Esqueça nossos momentos ruins, foque nos bons e siga em frente. Tenha muitos filhos, case com outra pessoa e viva sua vida da melhor forma possível. É esse meu desejo para você.
Eu já disse que te amo? Já... mas não me canso de repetir. Eu te amo, Matilda Smith... Matilda Weasley. E vou sempre te amar.
Me desculpe por lhe fazer infeliz... nunca foi minha intenção....

Do seu Archie.

Depois de escrever a carta ele a deixou em cima do balcão com uma flor, que tinha no café e que era a preferida de Matilda. Ele estava decidido a se matar, mas ao mesmo tempo era covarde demais para o mesmo, mas tentou. Pendurou uma corda na parte mais alta do lugar, amarrou em volta do seu pescoço e ficou olhando para baixo, contou até três mentalmente, depois até 5, depois até 10, não conseguia.
Aparatou dali para o Beco Diagonal de lá foi indo para outros lugares, até achar que estava longe o suficiente de tudo.
No dia seguinte Matilda recebeu a notícia que Archie tinha se suicidado. Chegaram a procurar o corpo de Archie ou qualquer outra explicação para o sumiço, mas nenhuma pista foi encontrada e ele foi realmente declarado como morto.
Dias se passaram, ele acabou indo para lugares trouxas e trabalhava em bares pé de chinelo para comer e afogar suas mágoas na bebida. Não tinha como voltar e nem pq voltar, não iria fazer mais ninguém sofrer, não podia. Semanas se passaram, depois meses e seu estado só tinha a piorar. Achou sinceramente que fosse morrer em algum momento. Deixou o cabelo crescer e a barba e parecia um mendingo.


{parecendo um mendingo no mundo trouxa}

Mas, numa dessas vezes enquanto estava bêbado conheceu Magnolia Apatow e acabou desabafando tudo com ela, obvio que em algumas partes ela ficava muito "WTF" sobre ele falar em lugares que ela nem sabia que existiam e umas coisas muito sem nexo, mas achou que tudo era coisa de bêbado, tirando é claro a parte em que ele estava triste e choroso por ter deixado Matilda. Ela lhe ofereceu um quartinho nos fundos do bar, mas existiriam regras. Ele não podia mais ficar bêbado, senão ela o expulsaria, no inicio é claro foi muito difícil e Magnolia chegou a bater nele com a vassoura quando o encontrava bêbado. Ele foi tentando tomar jeito, tentando melhorar bem devagar e aos poucos. Magnolia se tornou praticamente uma irmã mais velha para ele e sem ela, ele realmente teria morrido. Depois de dois anos sumido ele já não bebia mais e passou a detestar álcool, mas ajudava ela no bar tranquilamente e até começou a preparar refeições para servir, o que aumentou um bocado a clientela. Vivia completamente como um trouxa, mas mantinha sua varinha escondida de todos no seu quartinho. Por muitas vezes pensou em voltar e dizer para Matilda que estava bem e vivo, mas aí vinha as perguntas e se ela já estivesse casada de novo e se já tivesse filhos. Ele não suportaria vê-la sendo feliz, mesmo que ele tivesse pedido para que ela fizesse isso. Em algum momento lembrou que poderia se tornar um animago e ir vê-la, demorou muito para realmente fazer isso, sempre pensando nas consequências e assim foi aparatando até Oterry, já não tinha dinheiro bruxo consigo então demorou um bocado para chegar lá, até mesmo pq tinha medo de aparatar, depois de tanto tempo sem fazê-lo e acabar estrunchando. Se transformou em animago e foi até a antiga casa deles, passou pela loja e ela já não era mais seu espaço, tinha sido vendido e agora era qualquer outra coisa. Quando chegou em casa viu uma Matilda ápatica, sem cor e vida e se sentiu ainda mais desolado do que antes mesmo antes de partir. Como podia fazer dois anos que tinha ido embora e Matilda continuava daquele jeito. Tentou ser o mais discreto possível para que Matilda não percebesse ele ali, pois como ela sabia de sua forma animaga, poderia muito bem ficar encucada com aquilo ou até mesmo descobrir a verdade, mas ele não queria aquilo. Não conseguiu ficar muito tempo ali, mesmo que quisesse e continuou voando durante bastante tempo, pousando em algumas plantas, sendo admirado pelas pessoas que o viam, achando que ele era uma borboleta de verdade. Quando se cansou, voltou a forma humana e decidiu ir aparatando até a casa da irmã, quando chegou lá se tornou animago novamente e viu como sua irmã estava feliz com sua namorada e seu filho, depois fez o mesmo com os pais, indo até a casa deles, mas achou seu pai bem doente e aquilo foi mais uma facada em seu peito. Estava prestes a ver seu pai morrer. Não conseguiu ir embora, do mesmo jeito que fez com Matilda, voltou a sua forma humana e entrou em casa. Aures quase desmaiou devido ao susto e a emoção que teve. E ele teve que socorrer a mãe antes que pudesse contar tudo. Aures contou como as coisas tinham sido desde a morte dele e ele contou seu lado. Depois ele foi ver o pai e achou que ele iria morrer ali na cama de tamanho o susto que ele teve. Archie não queria ir embora dali, pediu para que não contasse nada a Matilda, mesmo que Aures tivesse implorado um milhão de vezes. Chamaram Sally e Allison e contaram para elas também, mas acharam melhor esconder isso de Ethan por enquanto pois ele podia contar isso por aí e a situação se complicaria e ele era apenas uma criança de 2 anos.
Archie disse que tinha que voltar até o local trouxa aonde estava ficando, sua mãe e seu pai ficaram com medo de que ele não voltasse novamente, mas ele prometeu que o faria se eles não contasse nada para Matilda. Ele voltou até o bar aonde estava instalado, agradeceu a Magnolia e contou-lhe por alto que precisava voltar para sua família pois ele havia descoberto que seu pai estava doente. Magnolia desejou tudo de bom para ele e assim Archibald voltou novamente para casa. Aures e ele cuidaram de Hen a recuperação de seu pai foi muito melhor depois de sua volta. Sempre que podia ele ia para Oterry, usava sua forma de animago e via Matilda, sendo sempre bastante cuidadoso, mas em algumas vezes podia ter a certeza de que Matilda havia o percebido e mais do que depressa voava para longe de lá, mas cada vez mais achava que deveria se revelar para ela e lhe contar a verdade, pois assim como seu pai melhorou, Matilda melhoraria, mas ele não estava pronto para aquilo ainda. Tinha receio de que a machucasse novamente e ele não queria nunca mais ver aquele olhar que viu quando a bateu novamente.

Archibald passou mais dois anos morando com os pais, não saia para nada e quando o fazia era em sua forma animaga, para que os vizinhos e etc não soubessem da verdade também. Fazia bicos por aí em outros lugares bruxos e as vezes voltava para o bar de Magnolia, passando alguns dias por lá, mas sempre voltando para casa e quando a saudade era imensa via Matilda. Ficou feliz quando Oterry ganhou uma universidade e logo em seguida Matilda começou a trabalhar na mesma, viu a mudança que aquilo havia feito nela, mas uma vez pensou em ir conversar com ela, mas sempre desistia.
Com o dinheiro que juntou foi morar Chudleigh em Devon na Inglaterra, aonde ninguém o conhecia, se apresentava como Archie e era só isso que as pessoas sabiam ao seu respeito, nunca disse seu sobrenome e se alguém tentava puxar papo com ele sobre sua família e etc, acabava desconversando. Em Chudleigh começou aos poucos construir sua vida, passou a trabalhar numa casa de chá, cortou os cabelos e aparou a barba e chamava a atenção de senhoras e até mesmo jovens por ser tão bonitão, mas nunca se interessou por ninguém. Seu coração e mente sempre seria de Matilda.


{com cabelos e barba aparados, na sua época em Chudleigh}

Numa das suas idas e vindas até Magnolia retomaram a conversa sobre ele não ter conseguido ter filhos com Matilda, ela falou para ele ir no médico, ele disse que já tinha ido, mas ela insistiu, ele acabou cedendo e com a ajuda dela acabou indo num médico trouxa, fez inúmeros exames e se sentiu muito estranho em estar com um médico trouxa e passou a conversa toda tentando não chamar o doutor de medibruxo. Depois de exames e etc, descobriu que o problema era com ele e se sentiu culpado por tudo que tinha feito Matilda passar. Para sua sorte o problema que tinha, chamado varicocele, era algo operável e que depois disso ele poderia ter filhos normalmente. Archie não marcou a cirurgia a princípio, foi até a casa dos pais, conversou com eles e Hen ficou bem espantado sobre seu filho ter frequentado um médico trouxa, mas Aures achou que tinha sido uma ideia excelente e que ele deveria sim fazer a cirurgia do jeito trouxa. Assim sendo, fez a cirurgia e passou vários dias de molho na casa de Magnolia mesmo, indo visitar o médico trouxa até receber alta e poder voltar para Devon. Isso lhe deu uma nova esperança de voltar para Matilda, mas sempre mantinha seu pé atrás.
Os anos continuavam se passando e ele ia tentando seguir sua vida sem seu grande amor, mesmo que sua mãe, Sally, Allison e seu pai tentassem aconselhar do contrário. Numa das visitas a Matilda viu a foto que ela guardava em cima da secretária dela e naquele dia, quase apareceu para ela, mas saiu voando rapidamente e ela só pode ver que uma borboleta havia lhe visitado.
Ele quase chegou a abrir seu espaço novamente em Devon, mas achou injusto, então guardou o dinheiro e a oportunidade.
O que lhe fez mudar de ideia sobre voltar a vida de Matilda foi um sonho. Ele sonhou que ela estava morrendo, era uma morte muito feia e ele estava como borboleta no sonho e não conseguia voltar a forma humana e nem ajuda-la. Quando acordou assustado e ensopado de suor viu que Matilda iria sempre estar povoando seus pensamentos e que não conseguiria seguir em frente sem ela ou pelo menos seguir em frente depois de conversar com ela. Teria que tentar falar com ela, explicar e caberia a ela decidir se o aceitaria ou o expulsaria para sempre de sua vida. Mais uma vez demorou pra finalmente tomar essa decisão, foram semanas arquitetando, falando com o espelho e ensaiando o que diria para ela. Contou para seus familiares de sua decisão e todos ficaram apreensivos, mas também esperançosos de que as coisas poderiam se ajeitar e Archie não precisaria ficar mais se escondendo. Assim, ele partiu para Oterry disposto a falar com Matilda e até mesmo conquistar o amor dela novamente.


  • FAMÍLIA E RELACIONAMENTOS


  • Matilda Weasley: (1975) Esposa. Grifinória. Desde que voltou para casa dizendo para sua esposa que estava vivo, passaram por um longo processo de readaptação ao qual Archibald achou que ia perder Matilda de vez, mas ela se descobriu grávida dele alguns meses depois da Copa de Quadribol e assim se uniram novamente e estão felizes.
  • Ariel Octavia Weasley-Smith: (2015) Filha. Nasceu em 26 de abril de 2015 e o Octavia em seu nome é em homenagem ao irmão de Matilda, Otto.

  • Hen Beddestyr Smith II: (1940) Pai. Foi da casa Lufa-Lufa com todo o orgulho estampado no peito, por ser descendente de Helga Hufflepuff, tinha um pouco de sarcasmo e arrogância em seu ser, mas que passou a ser podado quando conheceu Aures e ele se tornou um homem mais amável. Trabalhou como medibruxo durante boa parte de sua vida após se formar, na área de ferimentos induzidos por criaturas no St. Mungus e só se aposentou depois da suposta morte de Archie, pois sua saúde ficou frágil e suas mãos já não eram mais as mesmas e tremiam um pouco, como tremem até hoje, agravando quando está estressado/nervoso.
  • Aures Caryl Sykes: (1942) Mãe. Grifinória. Tia de Alex Sykes. Filha da famosa Jocunda Sykes. Era mais nova do que Hen, mas isso não os impediu de continuar namorando mesmo depois que ele saiu de Hogwarts. É inteligente, gentil, mas bastante agitada até hoje, mesmo com a idade levemente avançada. Costura para fora só por prazer e para ter um dinheirinho extra caso precisem. Antes de largar a profissão foi enfermeira no St. Mungus, assim conseguia ficar perto do marido mais tempo, mas quando o marido se aposentou fez o mesmo, para cuida-lo e não ficar longe, por um momento achou que fosse perder seu marido, pois ele ficou muito abalado com a morte de Archie.

  • Sally Georgina Smith: (1979) Irmã mais nova de Archibald. Lufa-Lufa. Mora em Tinworth (Cornwall, sudoeste da Inglaterra, e litorânea) com a esposa Allison Bell. Tem um filho, Ethan Bell-Smith. Ela transou com um cara que não lembra quem é num bar bruxo, após ter uma grande briga com Allison.
  • Allison Bell: (1981) Cunhada. Esposa de Sally. Grifinória. Cuida de Ethan como se fosse seu filho.
  • Ethan Bell-Smith: (2005) Sobrinho. Filho de Sally com um desconhecido. Não sabe quem é seu pai, até pq sua mãe não lembro o nome do rapaz, mas nunca fez questão disso, já que tem Allison e Sally como suas mães e não precisa de mais ninguém.

  • Benjamin Sykes: (1922-2011) Tio. Irmão de Jocunda. Pai de Alex.
  • Satine (Travers) Sykes: (1956-2001) Esposa de Benjamin. Mãe de Alex.
  • Alex Sykes: (1977) Primo.
  • Nyska Sykes: (1997) Prima.

  • Hen Beddestyr Smith: (1890-1980) Avô Paterno. Lufa-Lufa.
  • Florence (Sinistra) Smith: (1905-1998) Avó Paterna. Lufa-Lufa. Esposa de Hen Beddestyr Smith.

  • Heulwen Smith: (1883-1975) Tio-avô Paterno. Lufa-Lufa.
  • Cecille (Knatchbull) Smith: (1883-1977) Corvinal. Esposa de Heulwen.

  • Halford Smith: (1943-2010) Lufa-Lufa. Primo-tio. Filho de Heulwen e Cecille. Era um homem arrogante e com a aparência carrancuda, alguns dizem que foi por causa do falecimento de sua esposa Owena quando Zach ainda era pequeno. Faleceu sozinho em sua casa em 2010.
  • Owena (Fudge) Smith: (1945-2004) Esposa de Halford. Corvinal.
  • Zacharias Smith: (1980) Primo de 2º grau. Lufa-Lufa. Filho de Halford Smith. Zacharias Smith era um estudante na Escola Hogwarts de Magia e Bruxaria, que foi selecionado para a Lufa-Lufa. Ele era artilheiro na equipe de Quadribol da Lufa-Lufa, e um membro da Armada de Dumbledore, mas ele abandonou a DA em vez de lutar com eles durante a Batalha de Hogwarts. Archibald é cinco anos mais velho do que Zach e não se falam desde que Archie tem 17 anos e Zach 12 anos, eles literalmente caíram na porrada na sala de estar durante o Natal por causa de conversinhas idiotas de Zach a respeito de Matilda. Após isso a família se separou um pouco e Halford nunca mais frequentou a casa da família, junto com seu filho Zach.

  • Hepzibah Smith: (1886-1946) Tia-avó Paterna. Lufa-Lufa. Foi uma ávida colecionadora de antiguidades mágicas, incluindo objetos que pertenceram aos fundadores de Hogwarts; seus dois bens mais valiosos eram taça de Helga Hufflepuff e medalhão de Salazar Slytherin. Ea fez amizade com o jovem bruxo Tom Riddle durante uma de suas visitas a Borgin e Burkes. Depois de Hepzibah revelou seus dois maiores tesouros durante uma das visitas de Tom para sua casa. Tom matou, e usou sua morte para fazer a taça de Horcrux. Porque seu elfo doméstico Hokey, que era muito velho e esquecido, alegou que ela tinha acidentalmente confundido o veneno para o açúcar na preparação de cacau de Hepzibah, Riddle nunca foi suspeito do assassinato.

  • Houghton Sykes: (1916-1991) Avô Materno.
  • Jocunda Sykes: (1915-2013) Avó Materna. Era conhecida como a primeira bruxa a cruzar o Oceano Atlântico em um cabo de vassoura, em 1935. Isso fez com que ela, e o cabo de vassoura que ela voou sobre o Atlântico, o Oakshaft 79, ficassem famosos em todo o mundo bruxo.

  • Helga Hufflepuff: Ancestral da família Smith. Cresceu com histórias sobre isso e seus familiares acabam sendo comentando sobre tal fato até os dias de hoje. Archibald já tirou muito sarro disso, mas em seu interior tem respeito e admiração.


    • APARÊNCIA

    Archie tem 1,76 de altura e sempre se achou baixo, mesmo que seja uma altura razoável, mas ele acabava sendo o mais baixo dos seus amigos. Tem olhos azuis e um largo sorriso que chamam muito a atenção. Com esses olhos e esse sorriso conquistou muitas garotas quando mais novo, antes de Matilda. Tem os cabelos castanhos escuros e já os usou extremamente curtos, depois passou a deixar eles curtos mais um pouquinho mais volumosos e ultimamente os usa compridinhos com a barba rala. Quando fingiu sua morte e sumiu aderiu por quase 3/4 anos os cabelos bem compridos, passando bastante dos ombros e cheios e a barba volumosa e grande, mas um pouco menor em proporção aos cabelos. Tem uma tatuagem na costela escrito "Matilda". Tem os lábios finos e e as maçãs do rosto levemente gordinhas, por isso quando ele fica mais fortinho parece que ele está mais gordinho do que aparenta.


    • PERSONALIDADE

    Era um garoto espevitado, arteiro que se dividia em brincar com os amigos e ficar observando insetos até os pegar para sua coleção. Com as pessoas mais velhas era educado e bem gentil, o que fazia ele ganhar a simpática das senhoras, diferente dos outros garotos de sua idade. Conforme foi crescendo se tornou mais calmo, mas sem perder sua essência e sempre teve um pouco de maldade em seu ser. Por isso gostava de brincar e pegar peças nos outros. Quando passou a namorar se tornou artístico e aprendeu a desenhar, pintar e a tocar violão. Até mesmo rabiscou uns poemas no papel, mas seu único poema completo foi "Matilda". Era brincalhão e alegre, mas isso acabou se perdendo depois de fingir sua própria morte. Se tornou sério, fechado e triste. É notável isso no seu rosto, mas só de pensar em Matilda (e nas coisas boas que eles tiveram) seu rosto se ilumina.


Última edição por Archibald Smith em 20/8/2015, 14:25, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t379-smith-archibald-lamor
Archibald Smith

avatar

Masculino Escorpião Tigre
Idade : 42
Ocupação : Proprietário do The Sting Book Cafe
Localização : Ottery St. Catchpole
Player : Kah
Mensagens : 787

MensagemAssunto: Re: SMITH, ARCHIBALD LAMORA   2/4/2014, 15:54

31.03.2014: Casa da Matilda com Matilda
19.04.2014: Casa da Matilda com Matilda
28.06.2014: Pie & Vinyl | continuação com Matilda
17.07.2014: Barraca Redhead Butterfly com Matilda
27.07.2014: El almuerzo de la Copa | ...continuação com Matilda
10.08.2014: Weasley-Smith com Matilda
03.09.2014: Weasley-Smith com Matilda
21.09.2014: Weasley-Smith com Matilda
25.10.2014: The Piebott Shop com Matilda
09.11.2014: Weasley-Smith com Matilda
11.11.2014: O Buraco com Viviane
15.11.2014: Weasley-Smith com Matilda & Petal
22.11.2014: Ortiz Boutique com Stefan & Weasley-Smith com Matilda
09.11.14: Loja de Archie e Stefan com Stefan

05.01.15: Weasley-Smith com Matilda
19.03.15: The Sting Book Cafe  com Petal
26.03.15: The Sting Book Cafe com Stefan
26.04.15: Casa dos Weasley-Smith com Matilda (Nascimento de Ariel Octavia ♥)
20.06.15: Praça Mayor Muggle Merll com Sasha
05.07.15: Casa dos Weasley-Smith com Matilda
18.08.15: The Sting Book Cafe com Matilda
09.09.15: The Sting Book Cafe com Stefan
23.09.15: The Sting Book Cafe com Sasha
18.10.15: Casa dos Weasley-Smith com Matilda

Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t379-smith-archibald-lamor
Archibald Smith

avatar

Masculino Escorpião Tigre
Idade : 42
Ocupação : Proprietário do The Sting Book Cafe
Localização : Ottery St. Catchpole
Player : Kah
Mensagens : 787

MensagemAssunto: Re: SMITH, ARCHIBALD LAMORA   27/2/2016, 16:57

27/02/2016: Casa dos Smith com Matilda
28/02/2016: Casa do Stefan com Stefan
03/04/2016: O Buraco no Aniversário de Matilda
15/06/2016: The Sting Book Cafe com Matilda
04/07/2016: The Sting Book Cafe com Nyska
06/08/2016: Mermaid Street com Pethal


Voltar ao Topo Ir em baixo
http://www.wizardsuniverse.org/t379-smith-archibald-lamor
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: SMITH, ARCHIBALD LAMORA   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
SMITH, ARCHIBALD LAMORA
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» SMITH, ARCHIBALD LAMORA
» Raphael "Ralph" Weiller Smith
» Aerosmith.
» Como por Bless e outras coisas no NPC Smith
» Ficha de Hobbro

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Wizard's Universe :: OFF :: Registros & Informações :: Fichas-
Ir para: